Google+ Followers

Google+ Followers

quarta-feira, 25 de março de 2015

O dia em que Vénus ficou Cazimi, Jupiter a fechar um ciclo pelos 4 elementos do Zodíaco, do ar para a terra.




Planetas no Sistema SolarNo dia 05 de Junho de 2012, Vénus atravessou disco solar e ficou Cazimi, isto é entrou no coração do Sol, fazendo parte de um ciclo de 8 anos, e quando se completa esse desenho no céu forma um pentagrama no céu.

As conjunções são "superiores", com Vénus em movimento directo e "inferiores", com Vénus em movimento directo. Nas conjunções "superiores", Vénus está mais mais distante da terra, nas conjunções "inferiores", Vénus está mais próxima da  Terra.

Este evento celeste é um fenómeno raro, acontecem dois fenómenos a cada 121,5 anos, aproximadamente.

O ultimo ocorreu em Junho de 2004, o próximo está previsto para o ano de 2117, a NASA registará a passagem de mais este evento astronómico tão importante para a humanidade e será visível em todo o planeta, e o melhor ponto de observação será o Havai.

As ultimas conjunções entre o Sol e Vénus tem acontecido nos signos de gémeos e Sagitário há milénios, relembro que no final de sagitário está o centro Galáctico.
O eixo de gémeos e Sagitário é o eixo do pensamento colectivo e individual, Gémeos indica divisão, diversidade na comunicação, discussão de ideias, nos médias, a procura e o aprendizado da criação de uma nova cultura na terra com troca de ideias, partilha de experiências pessoais, e o sentimento de fraternidade e igualdade entre os povos, Sagitário é a fé a filosofia, a religação ao divino, o surgimento de novos ideais, que dignifiquem o homem na terra.
A união dos princípios do espírito e do sentimento, o arquétipo do Eu Superior, que simboliza os elevados sentimentos de amor, da estética, da beleza, a vontade de brilhar do Sol, que é o dador da vida na terra e Vénus, o desejo. Sol é a vontade e a consciência, Vénus é o ser que gosta e deseja.
A nível Kármico da humanidade, nestes 3 anos, os planetas retrogradados significam lições a aprender pela humanidade,  No Mapa de Vénus Cazimi, do dia 5 de Junho, Vénus,a 15 graus de Gémeos, Saturno a 23 de Balança, Neptuno a 3 graus de peixes, e o asteróide Juno a 25 graus de escorpião.                                                                                                                                                                                               Vénus o Planeta da sensualidade e do amor, da estética e da beleza de tudo quanto é belo tem sofrido uma forte divisão e reorientação no caminho, na verdade com Saturno no grau 25 de Balança, e a passagem por escorpião, a triologia, do poder, sexo e dinheiro , não combina nada com amor, este final de relacionamentos que nada tem a ver com Vénus na sua verdadeira essência, e escorpião associado á casa 8, da morte e transformação, quem já não ouviu falar do elevado número de divórcio, ou quem já não ouviu falar dos inúmeros casos de violência doméstica que infelizmente muitos acabam em morte .
Saturno o grande mestre do Kárma, limita esse poder e o que se tem visto nas pessoas ainda ligadas a esta grande triologia,(Poder,Sexo, Dinheiro), tornam-se violentas pela resistência á mudança, outra aceitam a mudança e libertam-se, é uma questão do nível de compreensão e consciência.
Neptuno, o espírito, a alma da humanidade, condicionada pelas próprias limitações evolutivas, no mapa de venus CAZIMI, encontra-se em quadratura com Jupiter, a alma da humanidade em fortes limitações devido a esta grande quadratura. Curioso no caso de Portugal, esta forte tensão encontra-se na casa 8, da morte e transformação. São muitos os Planetas na casa 8. Jupiter, cauda do Dragão. ou nó lunar Sul, a conjunção Vénus, Sol, e mercurio, um Stelium de Planetas com um significado muito profundo que eu abaixo vou desenvolver um pouco.
Plutão conjunto á Lua, sempre a dar um ar de desafio e tensão, á propia alma da humanidade e em quadratura a Urano em Carneiro, no caso de Portugal da casa de Gémeos, para a casa 6, forte trabalho de comunicação e libertação, isto é Plutão conjunto á Lua na casa 3,(Comunicação Casa 3 de Gemeos) social,(Plutão em Capricónio) popular a lua em Capricónio), conjunto a Plutão, de todos os aspectos que prendem a humanidade ao trabalho escravo e desumano, denuncia de todos os factos que mostrem tensão a outra forma. de estar na vida.
Juno a 25 graus de Escorpião, dado a este grande evento celeste, que "coincide" com Juno retrogado  em escorpião, para quem não sabe Juno, indica o casamento, o compromisso, e neste caso Juno indica claramente o compromisso assinado e irreversível de todos os encarnados na terra em reescrever a história da própria terra, todos cumprem o contrato, mesmo aqueles que entretanto desencarnam vêm com esse compromisso.
Pode-se dizer que no dia 5 de Junho de 2012, Os Planetas, Vénus, Saturno,Neptuno, Plutão e o asteróide Juno em movimento retrogado colaboraram com o Sol, o dador da vida e da consciência do homem na terra e não se tratando propriamente de um alinhamento planetário, eu diria que se trata de um alinhamento Kármico, com as fortes energias dos Planetas envolvidos. Os Planetas retrogados indicam sempre lições Kármicas e também um novo rumo necessário para a evolução da terra.
Em aspectos gerais e porque o artigo já vai longo, Chama a atenção analisando e no caso de Portugal os aspectos da casa 8, O Sol conjunto a Vénus e Mercúrio em quadratura com Marte, isto é o regime descontrolado comunicação, isto é uma forte acelaração na comunicação, popular porque também envolve a Lua, por oposição a Mercúrio, denuncia do regime militarizado e ligação a grupos, Marte na casa 11, é isso que indica, bem como a Lua, a opor-se a Gémeos e em quadratura com Urano no signo de Virgem.
As casa 9, onde se analisa os países estrangeiros encontra-se  a lua como já disse, opõe-se a mercurio e a Urano, revolta e denuncia de tudo quanto tenha a ver com as grandes limitações que Portugal atravessa.
Assuntos da casa 8, quem já não ouviu pessoas desesperadas, irem aos meios de comunicação social, pedirem para não as deixar morrer, ou os reformados que sofreram fortes cortes nas pensões, virem dizer que ainda estão vivos, ou os lesados do banco BES, que muitos vivem das suas reformas e o Governo tomar medidas a 10 anos, ou seja muitos não iriam viver o suficiente para ter um direito legitimo das suas economias de vida.
Faltam 77 dias para fazer 3 anos, desde o dia em que  Vénus recebeu uma forte energia do Sol, Vénus o planeta do amor á arte. á cultura, ao prazer, aos relacionamentos e á vida do homem em sociedade, tem estado prisioneira dos assuntos da casa 8 aqui em Portugal, o mapa foi tirado na hora Universal, tirada para a cidade de Lisboa, prisioneira do regime militarizado devido à quadratura Sol, Vénus retrogada a Marte na casa 11 em Virgem. A casa 11 é naturalmente a casa de Urano que está em quadratura com Plutão, de facto são inúmeras as reclamações de pessoas ligadas á cultura que vêm os seus subsídios serem retirados, mas três anos depois existe a esperança, pelo movimento dos signos sociais.
 Falar de Vénus, sem falar de Jupiter e Saturno, não faz sentido, Vénus rege o gosto da vida do homem em sociedade e Saturno iniciou a  sua viagem com a forte energia do Sol a 25 Graus de Balança seu signo regente, passou por escorpião, encontra-se em Sagitário e voltará a escorpião em Agosto,, portanto todo o Verão andará nos ultimos graus de Escorpião, portanto faz o movimento retrogado, fechando um ciclo importante de trés anos. São as lições conforme disse acima do eixo Gemeos-Sagitário.
Do ar de Gémeos, para o fogo de Sagitário
Jupiter completa uma volta completa pelos 4 elementos do Zodíaco, inicio igualmente a sua Viagem pela via aérea de Gémeos na casa 8 em quadratura com Neptuno na casa 4 em peixes, e que limitações tem recebido Portugal vindo do estrangeiro.
Passou pela água de câncer, na casa 9 e o que os Portugueses começaram a ver e ter consciência do Património Português a ser direccionado para o estrangeiro, alegadamente para pagar dividas em manobras de ilusionismo,(Neptuno em Quadratura com Jupiter.)
Está passando pelo fogo de Leão, e os fortes testes da Justiça a fim de resolver estas questões complicadas onde este ultimo eclipse do Sol, é muito forte para resolver estes assuntos.
Vai aterrar no signo da terra, a meio do Verão, "coincide", exactamente com o inicio das sementes que serão relançadas, na economia,(Virgem), rege os assuntos de natureza económica e lá para 2016, vai dar-se um forte avanço e resolução dos assuntos de natureza de Marte em Virgem em quadratura com Vénus e o Sol.
Esperam-se no entanto algumas melhorias já a partir do verão, por tudo  o que referi, algum alivio nas tensões deste maravilhoso Planeta que tem sido aprisionado na sua melhor essência, amar a vida na terra.











Sem comentários:

Enviar um comentário