Google+ Followers

Google+ Followers

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Constelação de leão, Regulos a estrela mais brilhante o coração de Leão


Régulus é uma das quatro estrelas mais importantes usadas na Astrologia, que eram consideradas sagradas pelos persas e que foram associadas a anjos pela cultura cristã (as outras 3 são Aldebaran, Antares e Fomalhaut). Para William Lilly era a mais poderosa dentre as estrelas: ele considerava que um planeta em conjunção com Régulus tinha mais poder do que se estivesse domiciliado, de acordo com seu sistema de pontuações.

Régulus é a estrela alfa da constelação de Leo, o Leão, e trata-se justamente do coração deste Leão. Assim Régulus representa o princípio da coragem, da força e da determinação. O epíteto “Coração de Leão” foi usado para se referir a alguns reis e sua simbologia é tida como pressuposto para um bom Rei, que precisa ser justo, honrado, corajoso, digno e destemido. Realeza é a palavra chave quando falamos nessa estrela.


Das estrelas mais brilhantes no céu, Regulus está mais próximo da eclíptica , e é regularmente ocultado pela Lua . Ocultações pela planetas Mercúrio e Vénus também são possíveis, mas raras, como são ocultações por asteróides.
A última ocultação de Regulus por um planeta foi em 7 de Julho de 1959, por Vénus.  A próxima ocorrerá em 01 de Outubro de 2044, também por Vénus. Outros planetas não oculta Regulus ao longo dos próximos milénios por causa de suas posições de nós. Regulus foi ocultado pelo asteróide Erigone no início da manhã de 20 de Março de 2014.
Regulus está  presente no mapa de personalidades com grande capacidade de liderança liderança, um espírito combativo, corajoso e voraz. Como ocorre com a maioria das estrelas fixas importantes, indica Ascenção na vida a patamares mais  elevados do que os de origem (de acordo com a natureza do planeta ou ponto tocado), que pode ser sucedida por queda ou decrepitude. Aponta grande ambição, capacidade para conquistar o sucesso almejado e a atribuição de poderes, riquezas ou cargos de liderança ao longo da vida.


              Estrelas da constelação de Leão e os graus e os signos que vai do                       ano 2000 a 2050

 Algenubi, A boca do Leão, é uma estrela de magnitude 3 e é da natureza de Saturno e Marte e encontra-se nos graus  de 20.42 a 21.24 de Leão.
Aldhafera, a juba do Leão é uma estrela de magnitude 3 e é da natureza de Saturno e mercúrio e encontra-se entre os graus 27.34 e 28.16 de Leão.
Al Jabhah, a testa do Leão é uma estrela de magnitude 3 e é da natureza de Saturno e Marte e encontra-se nos graus 27.54 e 28.36 de Leão.
Regulus, o coração do Leão é uma estrela de magnitude 1 e é da natureza de Marte e Júpiter e encontra-se entre os graus 29.50 e 00.31 de Leão
Zosma, o dorso do Leão é uma estrela de magnitude 2 é da natureza de Saturno e Vénus, encontra-se entre os graus 11.19 e 12.10 de Virgem.
Danebola, a cauda do Leão é uma estrela de magnitude 2 e é da natureza de Saturno e Vénus e encontra-se entre os graus 21.37 e 21.19 de Leão.


O Rei Luiz XVI, último rei do período absolutista na França, tinha uma conjunção entre Sol e Júpiter com essa estrela. 

1 comentário: