Google+ Followers

Google+ Followers

sexta-feira, 28 de abril de 2017

A Geração Milènio, análise das Gerações e as idades dos que nasceram com Plutão em Virgem, Balança e Escorpião




A Geração Millennials
A geração Millennials ou Milénio como os sociólogos gostam de referir é a geração nascida com Plutão em Balança, neste artigo faço uma reflexão e estudo sobre as idades  das pessoas da geração de Plutão em Virgem, Balança e Escorpião respectivamente
A Deloitte Global questionou futuros líderes de 29 países sobre a liderança e a forma como as empresas operam e impactam a sociedade. A geração Millennials,que inclui todas as pessoas nascidas após 1980 até ao ano 2000, acredita profundamente (75%) que as empresas estão mais focadas na sua própria agenda do que em ajudar a melhorar a sociedade.
As idade compreendidas destas pessoas entre os 37 anos e os 16 têm vindo a revolucionar o mundo em que vivemos, são pessoas que Têm vários cursos profissionais, grande experiência e empregos nada estáveis para formar família entre os mais velhos desta Geração entre os 30 e os 37 anos, ou têm uma baixa autoestima e muitos enveredam pelo mundo do crime organizado, os filtros normais da sociedade dos pais se romperam completamente em busca de um ideal de poder em sociedades que têm vindo a se manifestar nos mercados com forte tendência de liderança para uns, ou para outros a frustração de serem explorados pelo velho sistema obrigados a aceitar empregos temporários muitas vezes em países estrangeiros, dependendo do lugar geográfico assim vão exercer o seu poder e magnetismo pessoal acumulando cursos de formação profissional adiando a formação de uma família vivendo um dia de cada vez ou manifestam um poder destrutivo rompendo filtros sociais no sentimento de que nada têm a perder como se o mundo em que vivem atualmente funciona como uma espécie de “roleta russa” prestes a detonar em qualquer momento.
Vejamos agora á Luz da Astrologia a cruz desta geração nascida no período de Plutão em Balança Plutão em Escorpião e Plutão em Sagitário.
A cruz Astrológica desta geração vem impressa de um especial poder de renovação e poder que se tem materializado um pouco por todo o mundo.
Plutão esteve no signo de Balança de Outubro de 1971 a Novembro de 1983 e as idades dessas pessoas têm entre os 36 anos e os 46.
Os que nasceram com Plutão em Balança se estão deparando com um aspeto muito tenso de quadratura de Plutão Natal nos seus mapas astrológicos com Plutão em transito revelando um poder em sociedades, empresas, muito foi dito anteriormente, salientando um gosto especial para renovar a sociedade por meio do poder, São os filhos e herdeiros dos que nascerão com Plutão em Virgem que vieram para valorizar e renovar o poder pelo trabalho a família mas com grande dependência psíquica de integrar o signo Oposto Virgem
Na cruz dos que nasceram sob o signo de Plutão em virgem alem de virem integrar o lado oposto de Peixes, Plutão nos seus mapas pessoais faz uma quadratura, aspeto de grande tensão a Sagitário, funcionando alem das fortes dependências a um ideal de vida com pouca fé e esperança aliadas ao natural movimento Hippie dos anos 60, Quem nasceu com Plutão em Virgem tem ainda uma forte tensão e pressão a Gémeos e a uma nova forma de pensar, Mercúrio  a ter que integrar toda a energia inerente com forte controle dos meios de comunicação social, para os desta geração que usaram e abusaram do poder e controlo e domínio com a grande responsabilidade atual de darem inicio a uma nova ordem social por meio de Sagitário e de Júpiter, ou seja regeneração do poder pessoal por meio do serviço, para todos os que se encontrem numa posição social em que possam tomar medidas sociais relacionadas, é essa a proposta do universo devido ao movimento dos planetas sociais e transpessoais de que eu tenho vindo a referir. Júpiter, Saturno, Úrano Neptuno e Plutão.
Plutão esteve no signo de Virgem de Novembro de 1956 a Outubro de 1971, os que nasceram com Plutão em Virgem têm atualmente idades entre os 46 anos e os 61 anos
Os filhos da geração dos que nasceram sob o efeito de Plutão em Virgem , Plutão em Balança têm um pouco desvalorizado os conceitos do trabalho e família uma parte porque a herança genética dos pais e das Empresas e dos esquemas sociais instalados lhes têm permitido usar o poder em sociedades, empresas  onde se regista a mais elevada taxa de divórcios e de pais solteiros sem haver de facto uma ligação afetiva com a correspondente valorização real das empresas, ainda existe felizmente o lado bom das famílias e um numero razoável das pessoas da geração de Plutão em Balança, que valorizam a formação das famílias, mas que lutam diariamente com sérios problemas de sobrevivências devido ao forte desajustamento social em que se encontram.
Plutão em Balança recebe uma oposição para integrar o seu oposto Carneiro e duas quadraturas a Leão e a aquário, algo que não tem sido integrado completamente.

Quem nasceu com Plutão em Escorpião têm atualmente entre os 22 e os 34 anos, norma geral são os filhos dos que nasceram com Plutão em Balança têm idades compreendidas entre os 22 e os 34 anos e têm idades escolares ou estão tirando cursos de formação profissional. Plutão em Escorpião é naturalmente uma força viva de grande poder de transformação no mundo, Eles vêm inovar e criar uma nova sociedade, como atualmente Plutão se encontra no signo de Capricórnio eles vão ser os agentes transformadores que vão fazer a ponte entre a regeneração das antigas mentalidades instaladas no subconsciente colectivo, por quem exerce o poder das energias associadas a quem nasceu com Plutão em Balança. As energias opostas, Touro associadas á casa 8 de Escorpião limpam regeneram antigos discos de memórias instaladas no subconsciente colectivo. A trilogia de energias a superar Aquário e Touro lhes darão os desafios necessários, devido ás quadraturas aspetos de grande tensão. A Grande maioria são filhos de pais separados ou já sofreram abusos de poder de seus pais ou de pessoas ligadas ao poder. Especialmente de pessoas que nascerão com Plutão em Balança devido á forte quadratura do Plutão Natal em quadratura com Plutão em Capricórnio. Aspeto astrológico que se manifesta de há cerca de dois anos mais ou menos princípio de 2016 este transito no signo de Capricórnio e a falta de integração do signo oposto Carneiro e as duas quadraturas bem tensas a Capricórnio onde Plutão transita e a câncer que como se tem visto, na falta de aceitação de integrar estas fortes energias dá resultado ao que se tem visto infelizmente na sociedade, não só em Portugal mas também por todo o lado e para dar uns exemplos:
Corresponde a grande maioria das pessoas que nascerão com Plutão no signo de Balança
Uma grande parte da população criminal, uma grande maioria segundo estudos que fiz é uma realidade, e o que tenho visto atualmente um pouco por toda a parte.
Violência entre casais com casos trágicos de mortes, o tentar segurar um relacionamento á força, ativando a grande força e poder destrutivo de Plutão em Balança quando existe uma não aceitação do fim de um relacionamento, quer sejam relacionamentos fins de contrato devido á crise e correspondente fim de o relacionamento, segundo pesquisas que efetuei a grande maioria corresponde ás idades de pessoas que nascerão com Plutão no signo de Balança.
Dependendo do local geográfico assim esse grande poder transformador, regenerador e também muito destrutivo sempre que existe uma negação de perda de poder total se vem manifestando no mundo com uma grande maioria nas idades entre os 36 e os 46 anos norma geral a liderem e ativarem esse grande poder, a aderirem a grupos terroristas e outros grupos para conseguirem assim o Poder a qualquer custo provocando o medo e o pânico entre as pessoas.
São as pessoas da geração Millennials como os sociológicos que estão agora a ver o seu poder chegar ao fim devido á quadratura de Plutão em Capricórnio com os seu Plutões natais, que tem sido um processo progressivo dependendo do grau exato de seus Plutões natais, está fazendo ou fará um aspeto separativo, conjunção exato ou aspecto separativo. Quadratura de Plutão a Plutão é sempre um aspecto de renovação e regeneração total da antiga personalidade e corresponde á casa 8 da morte e transformação, dai muitos não aceitando a perda de poder total movimentam forças contra os outros. Balança casa 2. E muitos pertencentes a este grupo de indivíduos são pessoas que têm cursos e alguns até cursos superiores.

Entre os mais evoluídos desta geração, Plutão em Balança podem-se encontrar todas as pessoas que têm vindo a manifestar dificuldade e preocupação em ter filhos e criar filhos, devido a não terem e conseguirem emprego estável, caso dos professores e outras grupos sociais que têm sido explorados e a tentarem criar uma família com ordenados muito reduzidos.
Concluindo, todos os que nascerão com Plutão em Virgem que vinham integrar as energias opostas de Peixes e de Sagitário e Aquário, devido ás duas quadraturas as estes dois signos, criaram uma ideia de dependência associada ao signo de Peixes, mas também criaram uma forte divisão no mundo associada ao signo de Gémeos, ou seja uns assumirão o poder e outros se submeterão ao poder instalado e criado, Gémeos na sua divisão de Poder em quadratura com Plutão em Virgem.
A falta de Fé de uns no seu próprio poder pessoal, Sagitário abriu caminho para que outros lideraram e controlaram aquilo em que cada um deveria acreditar para conseguir uma vida feliz, com o crescimento dos bancos e dos créditos e dos grandes negócios, e das grandes facilidades em conseguir a realização de tudo quanto se queria com o apelo á competitividade agressiva para se obter o sucesso.
Quando Plutão em 2008 ingressou em Capricórnio se começou a ver progressivamente a sociedade tal como ela foi formada pelos que lideravam estes grandes negócios, com grande instabilidade devido ao progressivo colapso da banca, já não era possível esconder o que tinha sido feito com o lucro, afinal tudo o que estava escondido tem sido subtilmente revelado num processo que não irá parar onde a palavra chave é a Justiça social para todos e especialmente desde a entrada de neptuno no signo de Peixes, tudo se dilui e dissolve nas estruturas sociais.
Neste tempo de grande transformações é de grande importância acreditarmos que realmente na prática podemos e devemos colaborar para um mundo mais fraterno e igual, fazendo a diferença, felicidade é isso mesmo, estar onde se gosta de estar e fazer o que se gosta de fazer e enquanto não podemos mudar completamente, acreditar que podemos vir a fazer realmente o que se gostamos de  fazer o que é possivel para ir compreendendo o nosso processo individual, o BI da nossa total Missão aqui na terra.
Felicidade não é competir nas Empresas, ou nas sociedades ou famílias é estarmos na vida das pessoas enquanto é necessário e respeitar a liberdade dos outros sem medo, sem culpa sem preconceito de sermos cópias originais de um processo Universal criativo.

Sem comentários:

Enviar um comentário