Google+ Followers

Google+ Followers

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Escorpião, o signo a energia das mudanças profundas, de dia 23 de Outubro a dia 22 de Novembro


Escorpião, o signo e a energia das mudanças profundas.
O signo de Escorpião tem inicio no dia 23 de Outubro e termina a 23 de Novembro
È sempre uma altura do ano de grande reflexão e altura de grande profundidade psíquica porque Escorpião está associado á casa astrológica VIII, casa de água, o que na astrologia simboliza e representa as memórias psíquicas da alma humana.
Plutão
É o planeta que atua em áreas em que frequentemente sentimos dificuldade de lidar e compreender, tais como o sexo e o poder, as perdas, a morte e as crises financeiras. Simboliza l, tudo o que foge do nosso controle. É a nossa grande força de renascimento.

Marte –  Planeta da guerra e da virilidade. Representa a Acção, a coragem, a força e a determinação, o que motiva o homem nas suas ações sociais.

Mas é devido á associação direta com a casa astrológica Vlll  e ás tais memórias registadas no espaço e tempo, que a humanidade se vai encontrar a si própria com o mito e a realidade do uso das energias de poder, de manipulação de poder das muitas formas e caminhos  de despertar as crenças. A fé e o caminho da Lua e da sombra simbolizados por Marte e Plutão.

Não é por acaso que o Halloween ocorre no Mês de Escorpião uma tradição de origem Celta que tinha como única finalidade celebrar o dia do fim das colheitas e o inicio do Inverno, e por sincronização com a intensa energia de Escorpião, de Plutão e Marte é conhecido actualmente como o dia das bruxas, ou seja sinónimo de artes mágicas ou rituais de magia negra, onde as pessoas por brincadeira se mascaram de bruxas e bruxos, cultura enraizada nas escolas. Entre o mito e a realidade o que de inicio era apenas um ritual celta pegou moda no comércio e na cultura da sociedade que vivemos actualmente.

Em Portugal o Halloween já se comemorou assim. Máscaras feitas de ossos, fogos a arder em colinas, adivinhações. Pode parecer estranho, mas o Halloween já se comemorou assim. 

Popularizado pela cultura norte-americana, o Halloween remonta a uma antiga celebração celta, o Samhain, que marcava o fim do verão. Apesar de ter sido substituído no século VII por uma festividade católica, mais de dois mil anos depois pessoas por todo o mundo continuam a celebrar a chegada do inverno da mesma forma que os antigos celtas — com uma grande festa repleta de doces e máscaras.
A origem celta do Halloween
O Halloween, ou Halloween, tem a origem numa tradição muito mais antiga, o Samhain. O Samhain, Samain ou Samhuinn (um termo de origem gaélica que significa “o fim do verão”), marcava o início do inverno, o fim das colheitas e o início do novo ano celta que, de acordo com calendário gregoriano adotado no século XVI, se comemorava a 1 de Novembro. Era a celebração mais importante do antigo calendário celta e, apesar de ter sido substituído no século VII, é ainda hoje relembrado por toda a Europa sob a forma de diferentes tradições e costumes que perduram até aos nossos dias.
Tradicionalmente, durava três dias, coincidindo actualmente com as celebrações católicas da Vigília de Todos os Santos (noite de 31 de Outubro), Dia de Todos os Santos (1 de Novembro) e Dia dos Fiéis Defuntos (2 de novembro).
E como estão essas energias neste mês intenso de Escorpião?
Plutão e Marte Em Capricórnio Unem-se, (Conjunção). numa quadratura em T, ou grande quadratura a Júpiter e a Úrano Retrogrado.
Mercúrio e o sol Unem-se, (Conjunção), numa oposição a Mercúrio.
Saturno e Vénus em quadratura com Neptuno.
Com estas configurações tão intensas é de esperar com toda a certeza grandes decisões, transformações, mudança de rumo e procura de novas soluções. È como se Marte e Plutão fossem Buscar discos antigos de memórias da consciência dos humanos na terra, a verdadeira essência de Escorpião e revelassem tudo o que está escondido e oculto formando e procurando soluções para uma nova sociedade. Os desafios são muitos assim como muitos são os caminhos a trilhar pela humanidade, a nova humanidade que está actualmente desajustada da realidade mas que inconscientemente procura a cura, harmonia e paz tão desejada.
O disco Solar passando no Inicio de Escorpião ao fazer conjunção com Mercúrio, o mensageiro dos Deuses, opõem-se a Úrano Retrogrado em carneiro, a mente de Deus e o grande despertador Universal a doar a sua energia á profunda e intensa energia de Escorpião.
Com Saturno e Vénus na forte tensão em quadratura a Neptuno, a forma de Saturno em sagitário assume diversas formas, assim com o despertar de consciência individual.
Pelo lado positivo da força da Luz, vão ser encontradas muitas soluções e novas formas de organização social e cura devido em grande parte de Plutão e Marte, respectivamente regente e co regente de escorpião se unirem numa conjunção no signo de Capricórnio.
Pelo lado negativo a força do lado menos luminoso com o aumento das tensões e guerras um pouco por todo o lado aumentando também o crime violento.
È o princípio da quadratura entre Júpiter em Balança que se vai prolongar por alguns meses, redobrando o que muito falta fazer nessa busca intensa para a cura social e colectiva onde cada pessoa individual pode e deve fazer a diferença de uma forma construtiva. A fim de dar forma a essas estruturas com responsabilidade por meio da fé e de tudo em que acredita, querendo e participando de uma forma Justa e equilibrada. Saturno em Sagitário e o Planeta regente de Sagitário, Júpiter em balança indica esse caminho da fé, da esperança de viver aqui e agora estes momentos Históricos na história da humanidade onde escrevemos diariamente e assinamos no livro da vida a nossa história ou lenda pessoal.
Acreditamos no mito ou nos centramos na realidade o mais importante é construirmos a nossa própria lenda pessoal fazendo a diferença que queremos ver no mundo.











Sem comentários:

Enviar um comentário